Setembro 19, 2019by filipa moura

2019, portugueses e o mundo digital

Começa a ser um pouco recorrente a quantidade de artigos que lemos sobre as chamadas novas tecnologias, assim como o uso das mesmas, a revolução que fizeram nas nossas vidas e no nosso próprio quotidiano.

 

Senão vejamos, se recuarmos um pouco no tempo basta uns 15 anos atrás, fomos “invadidos” por uma rede social (nem sabíamos o que era), o Facebook, que transformou as nossas vidas, começou com o tanto afamado “farmeville”, era raro encontrarmos alguém, fosse nas escolas nos trabalhos ou no nosso próprio circulo de amigos, que não tivessem uma conta no “farmeville”, todos estavam completamente “viciados”, esse fenómeno foi despoletar numa espécie de “facebookdependência” passo a expressão, atualmente muitos já não vão para simplesmente jogar, mas para verem notícias e assuntos do seu interesse pessoal.

Hoje em dia já começamos a assistir a uma nova tendência, falo do Instagram que tem vindo a ganhar terreno ao Facebook. Mas não me vou alongar mais neste assunto que não é o meu foco principal para este artigo.

 

Vamos focar-nos em números

 

Para ser mais fácil e direto vou optar por colocar tudo por tópicos.

  • Temos 10 milhões de habitantes, Portugal tem cerca de 15,8 milhões de subscrições mobile;
  • Temos sensivelmente 8 milhões de portugueses a utilizar a internet;
  • 6,7 milhões utilizam redes sociais e, desses, 6 milhões usam-nas através de um dispositivo móvel, sendo esta utilização a que mais cresceu na componente digital, 5,3%;
  • Em média, cada português passa cerca de 6:30 na Internet, sendo 2:09 das mesmas passadas nas redes sociais.

 

 

Apenas por curiosidade

 

 

Como ainda há pouco tive oportunidade de referir a utilização do telemóvel tem vindo a ganhar cada vez mais terreno, por isso vou em conjunto consigo fazer uma comparação entre a utilização da televisão e do telemóvel.

Até há bem pouco tempo tínhamos a televisão como líder incontestável, era o dispositivo mais utilizado pelos portugueses. Mas como diz o velho ditado: “Mudam-se os tempos mudam-se as vontades”, os  estudos de mercado indicam-nos que apesar de a televisão continuar a ser líder, com 96% de utilização, surgem com 94% de utilização os dispositivos móveis.

Com esta análise pode constatar que uma nova era está a emergir, a era do mundo digital com a comunicação a atingir uma velocidade de propagação alucinante.

Já o computador conta apenas com 67% de utilização.

É caso para dizer que os tempos estão a mudar!

 

Internet vs Portugal

 

 

Agora vou aprofundar os dados que tenho em relação à utilização da Internet em Portugal.

  • Contamos com cerca de 8 milhões de utilizadores;
  • Desses 8 milhões de utilizadores, temos 7,13 milhões a utilizar os dispositivos móveis para navegar;
  • 85% dos utilizadores acedem à internet todos os dias, na outra extremidade temos apenas 1% a aceder à internet apenas uma vez por mês;

 

 

Redes sociais vs Portugal

 

 

Vamos ver como anda Portugal nas redes sociais:

  • Temos 6,7 milhões de utilizadores ativos;
  • 74% desses utilizadores fizerem publicações nas suas redes sociais no mês anterior;
  • Cada português tem em média 8,5 contas em redes sociais;
  • O Facebook continua a ser a rede social mais ativa, rondando os 90% de utilização. Surge-nos também dentro deste valor, ou seja, os 90% o Youtube;
  • O FB Messenger é a plataforma de comunicação mais utilizada, com cerca de 73% de utilização, outra plataforma de comunicação que tem vindo nos últimos tempos a ganhar algum destaque, é o WhatsApp;

 

Se formos dar uma vista de olhos nas audiências, os número indicam-nos que as redes sociais com mais destaque são o Facebook, o Instagram e o LinkedIn, das três não temos nenhuma que ganhe algum destaque significativo, apesar de reforçar uma vez mais o que tive oportunidade de assinalar no inicio deste artigo, o Instagram está a crescer bastante, comparando com o Facebook que está a perder cada vez mais terreno.

Nestas redes sociais temos um equilíbrio ao nível do género, ou seja, tanto o feminino como o masculino andam pelos 50%. O mesmo já não acontece com Twitter, aqui predomina o público masculino com 63%. Por outro lado o público feminino tem uma preferência pelo Snapchat com 66%.

 

Telemóvel vs Portugal

 

 

Passamos agora a destacar os principais pontos relativamente à utilização que os portugueses dão ao telemóvel:

Sabia que os portugueses recorrem ao telemóvel na sua maioria para… conversação! É verdade! Mas a par da percentagem da conversação, temos a visualização de vídeos, jogar e navegação.

As plataformas de mobile banking já contam com 43% de utilizadores.

 

 

e-commerce vs Portugal

 

 

E por fim vamos analisar a aderência do e-commerce em Portugal:

  • 35% dos utilizadores fazem compras e/ou pagam contas online;
  • 85% pesquisam online um produto ou serviço para comprar e, desses, 59% compraram online;
  • Quanto ao dispositivo usado, 44% utilizaram computador e 33% dispositivo móvel;
  • As categorias onde existem mais compras são as Viagens, em primeiro lugar, seguida das categorias Brinquedos DYI & Hobbies, Fashion and Beauty, em segundo e terceiro lugar respectivamente;
  • As palavras mais pesquisadas no Google Shopping são: Adidas, Nike e Iphone.

 

Com base nestes números podemos concluir que os portugueses estão cada vez mais ligados ao mundo virtual e os dispositivos móveis estão cada vez mais a ter a ferramenta que faz essa ligação, em detrimento dos computadores.

 

Estes dados foram retirados do wearesocial e do hootsuite

Quem tem um negócio seu, uma empresa mesmo micro que seja devem ter bastante em atenção este tipo de informação, temos que nos atualizar e estar onde o nosso público-alvo está. Por isso convide-vos a lerem estes artigos,“Presença online a minha empresa precisa?”  e “Esteja nas redes sociais a sua empresa precisa”

 

 

 

Escrito por: Filipa Moura - Global_Mind